top of page
  • Foto do escritorcnaralicecandido

Falar sobre o que sentimos: por que é tão difícil?

Muitas vezes, passamos por processos emocionais que parece que não temos a capacidade de lidar. Por alguma questão no trabalho, um conflito familiar, ou mesmo projetos que não saíram do papel, sentimos aquela pressão no peito, um nó na garganta, e não nos damos a oportunidade de acolher esses sentimentos.


Não falar o que se sente pode ser um grande vetor de angústia e ansiedade, além de causar diminuição da autoestima, causando até mesmo danos físicos. As causas para evitar esse momento podem ser várias, como: medo de causar conflito, não reconhecimento da importância do sentimento ou se sentir vulnerável.


Por vezes, é deixado de falar sobre os sentimentos para evitar uma briga, pelo medo de ser rejeitado ou abandonado. Decidir esperar surgir magicamente o "melhor momento" acaba saindo do timing da questão e acumulando a outras queixas que poderão surgir, aumenta mais ainda a mágoa. Medo do que a outra pessoa vai pensar, pode pairar no imaginário vários cenários catastróficos não condizentes com a realidade.


E assim acabamos sendo devorados por tudo o que estamos sentindo e tornando difícil até mesmo identificar o que estamos sentimos, a causa e o que fazer com o sentimento. Dores pelo corpo, mal estar, insônia e disturbios alimentares vão se somando a todo esse desconforto emocional.


A terapia é uma ótima ferramenta para auxiliar a administrar esses momentos e encontrar a melhor forma de manejá-los. Tornando o dia a dia mais saudável e trazendo mais leveza nas relações e leve para si.

15 visualizações0 comentário

留言


whatsapp-logo-1.png
bottom of page